domingo, 3 de abril de 2011

Os tipos e horários do trem de Bragança (1908-1966)

As viagens passaram a obedecer aos seguintes critérios:

Trem Misto: Composição com cinco ou seis vagões, mais a locomotiva, que priorizava o transporte. Os demais eram destinados aos passageiros. Suas viagens aconteciam com destino a Belém, às segundas, quartas e sextas-feiras, retornando às terças, quintas e sábados, com o horário de saída, às cinco horas da manhã. Devido à obrigatoriedade de parar em todas as estações e paradas dos trechos Bragança-Belém e Belém-Bragança, embarcando e desembarcando as cargas armazenadas e transportadas, não se podia precisar o seu horário de chegada.

Trem Horário ou Expresso: Com uma composição em numero semelhante ao misto, mas com propriedades diferentes, que incluía o transporte de passageiros, a diminuição de tempo parado nas estações, a supressão de paradas que não tivessem passageiros para o embarque (previamente avisado pelo telegrafista), tornavam-no um trem mais rápido. Possuía, também, dois vagões especiais, com poltronas confortáveis, forradas com tecido branco, destinados a passageiros com melhores condições financeiras e autoridades que se destinassem a Bragança em viagem oficial. Suas viagens aconteciam com destino a Belém, nos dias de terças, quintas e sábados. Retornando às segundas, quartas e sextas-feiras, com horário de saída às três horas da manhã, chegando entre quatorze e quinze horas.

Fonte: Projeto de Pesquisa “Reminiscência da História Urbana de Bragança, em fontes do século XX”

Imagem: Trem na Vila Alencar. Acervo Aviz de Castro

Nenhum comentário:

Postar um comentário