quarta-feira, 24 de março de 2010

Falecimento do historiador Prof. Dr. István Jancsó (1939-2010)

Registramos o falecimento do historiador Prof. Dr. István Jancsó (1939-2010), que foi coordenador geral do Projeto Brasiliana da Universidade de São Paulo (USP), atuando como braço direito do bibliófilo José Mindlin (1914-2010). Jancsó morreu na madrugada de terça, 23.03.2010, aos 71 anos, em decorrência de uma complicação renal. Ele foi internado alguns dias antes da morte de Mindlin, em 28 de fevereiro. O corpo foi cremado na tarde de ontem no Crematório da Vila Alpina, em São Paulo/SP.

Foto em http://www.fflch.usp.br/.

Jancsó era docente titular do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da Universidade de São Paulo e, atualmente. Pesquisador renomado na área de História, suas pesquisas focavam os problemas das estruturas nacionais, sendo desenvolvidas no âmbito do tema “A formação do Estado e da nação brasileiros (1780-1850)”, com o apoio da FAPESP. Ocupava o cargo de Editor da revista eletrônica de História Almanack Brasiliense, e integrava o Conselho Editorial de outras cinco revistas especializadas.

Estava se dedicando à construção de uma biblioteca no Campus e à digitalização dos 40 mil volumes que integravam a coleção de Mindlin.

O Ministério da Cultura divulgou nota onde o ministro Juca Ferreira lamenta a morte do historiador, destacando seu trabalho de "tornar um acervo de excelência disponível para a população" e ressaltando o esforço de Jancsó em "estimular redes de pesquisa e a criação de um modelo brasileiro de compartilhamento de documento", descrevendo-o como "um intelectual engajado na decifração de um país que para ele era um 'enigma' humano e histórico."

O velório do Prof. Dr. István Jancsó aconteceu até as 16h de ontem, no Hospital da Beneficência Portuguesa e em seguida seu corpo foi cremado no Crematório da Vila Alpina, em São Paulo/SP.

Um comentário:

  1. Professor István Jancsó was born on November 6, 1938.

    ResponderExcluir