quinta-feira, 7 de julho de 2011

Amanhã, 08 de julho, inauguração do Campus do IFPA em Bragança

Amanhã, 08 de julho de 2011, às 11h da manhã, será inaugurado solenemente, o Campus do IFPA Bragança, criado e implantado em 2008, pelo Ministério da Educação, localizado no ramal da Antiga Estrada de Ferro de Bragança. O evento contará com a presença de autoridades e representantes da comunidade bragantina.

Leia abaixo um pouco da história do antigo CEFET-PA e hoje IFPA.

IFPA – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará

História:

O Centro Federal de Educação Tecnológica do Pará - CEFET-PA, em sua trajetória nestes 99 anos de história, representa o sucesso de uma instituição de educação profissional pública, gratuita e de qualidade, que está consolidada na comunidade paraense, brasileira e internacional.

Criado em 23.09.1909 como Escola de Aprendizes Artífices do Pará, pelo então Presidente da República, Nilo Peçanha, compreendia o ensino primário, cursos de desenho e oficinas de marcenaria, funilaria, alfaiataria, sapataria e ferraria. Em 1930, a Escola de Aprendizes transforma-se em Liceu Industrial do Pará e, em 1942, em Escola Industrial de Belém. Já em 1960, é transformado em Autarquia Federal com autonomia didática, financeira, administrativa e técnica, passando a atuar no Ensino Profissional em nível de 2° grau com os Cursos Técnicos de Edificações e Estradas, e, assim passou a ser chamado de Escola Industrial Federal do Pará, quando foram criados os cursos de Agrimensura e Eletromecânica.

A Escola Técnica Federal do Pará nasce em 1968 e se instala definitivamente na Av. Almirante Barroso, n.º1155, onde se implanta o curso de Eletromecânica, hoje apenas denominado Mecânica. Depois vieram os cursos de Saneamento, Telecomunicações e Eletrônica.

Em 1995 é a vez dos cursos pós-médios em Edificações, Eletrotécnica, Mecânica, Metalurgia e Processamento de Dados. Em 1996, o Curso Técnico de Trânsito é criado em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito do Pará.

Os cursos técnicos Pós-Médios nas áreas de Química, Radiologia Médica, Registro de Saúde, Pesca e Turismo foram implantados em 1998 para atender a necessidade de formação de recursos humanos nas áreas tecnológicas e de desenvolvimento do Estado.

E também nessa época, consolidaram-se as Unidades Descentralizadas de Ensino Técnico - UNED'S, hoje chamadas de Campus, a fim de atender às solicitações de Altamira, com o curso Técnico de Agrimensura para a demanda da agroindústria; Marabá

Em 1997 foi instituída pelo Ministério da Educação, a verticalização da Educação Profissional, em níveis Básico, Técnico e Superior. Em 18 de janeiro de 1999, a Escola Técnica foi elevada à categoria de Centro Federal de Educação Tecnológica com a finalidade de atuar nos níveis e modalidades da educação profissional, ou seja, o Básico, o Técnico e o Tecnológico equivalente à educação superior. O que proporcionou o aumento das UNED’S no interior do Estado.

Em Bragança:

Com a passagem em 2008 para Instituto Federal foram criados campi em várias regiões do Estado do Pará, onde o município de Bragança foi contemplado com o Campus Bragança.

O Campus Bragança possui fortes laços com a comunidade bragantina e por isso faz questão de apresentar a seguir sua importância história nacional: “O município de Bragança está ligado diretamente com a História do Brasil, pois recebeu seu nome em honra a Casa de Bragança por colonizadores portugueses (na época, o local inicialmente foi chamado de Vila Nova Bragança). Esta Casa Nobre originou a dinastia do Rei português, D. João IV, responsável por libertar Portugal do controle da coroa espanhola que durou 70 anos. Após esses eventos, a dinastia criada pela Casa de Bragança, continuou a reger o trono português desde D. João VI que transferiu o governo para o Rio de Janeiro em 1808 até a proclamação da república portuguesa em 5 de outubro de 1910. Em outras palavras, a Casa de Bragança foi a responsável não apenas por influenciar “achamentos” ou “descobrimentos” como o do Brasil, mas também por ter desbravado locais como a nossa região Bragantina.

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFPA, foi implantado em 14 de setembro de 2008 no município de Bragança, que se encontra situado no nordeste do Estado do Pará, distante 210 km da cidade de Belém, com uma área geográfica de 2.090,234 Km² e uma população de 105.980 habitantes, segundo IBGE/2008. Ressalte-se que a o Campus de Bragança objetiva o desenvolvimento da indústria pesqueira, turística e da construção civil, visto que a região apresenta um potencial considerável nestas áreas.

O Campus de Bragança adequou-se ao grande potencial da região nas áreas de estudo já citadas, oferecendo cursos de Técnico em Turismo Eventos, Pesca, Aquicultura e Edificações, preocupando-se com a inclusão dos cidadãos bragantinos e comunidade em geral no mercado de trabalho e na formação da cidadania.

Iniciou sua atividade educacional em 20/10/2008, com aula inaugural tendo sido realizada em meio a um evento educacional com realização de uma palestra sobre Educação Profissionalizante no Estado do Pará em 14/10/2008, prestigiada pelas autoridades locais, professores e alunos da instituição.

Assim sendo, o ensino profissionalizante no Brasil estará fazendo 100 anos em setembro, onde o IFPA Bragança estará festejando esta data, pois está comprometido com as exigências sócio-econômicas, culturais e tecnológicas dos seus alunos, num processo de integração com o sistema de produção e no desenvolvimento regional, assumindo um papel de referência educacional, científica e tecnológica no Pará.

Missão:

Ofertar educação tecnológica com ênfase na trilogia, Ensino, Pesquisa e Extensão, visando a formação e qualificação do profissional para o mundo produtivo, promovendo o desenvolvimento tecnológico de novos processos, produtos e serviços em articulação com setores produtivos e a sociedade, no cenário local e regional sendo capaz de atuar de forma transformadora no âmbito político e social.

Fonte: Site do IFPA Bragança

http://braganca.ifpa.edu.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário