segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Imagem de Nossa Senhora de Nazaré, de Bragança, passa por limpeza antes do Círio 2011

Atendendo a um pedido da Diretoria da Festa do Círio de Nazaré de Bragança e da Paróquia de Nossa Senhora do Rosário, a Sra. Vânia Macêdo, que trabalha na área de pintura de imagens e objetos sacros, além de produtora e pesquisadora de artesanato, aceitou a missão de proceder à limpeza da imagem de Nossa Senhora de Nazaré, grande ícone da festa e devoção popular do povo católico bragantino.

A artesã Vânia Macêdo utilizou um removedor de manchas e retirou da imagem uma espessa camada de manchas em cor esverdeada, oriunda de impressões digitais, oxidação, ação do tempo, suores e gorduras provenientes de toques e manipulação na peça.

O trabalho durou dois dias (entre 03 e 04 de novembro) e foi executado no ateliê particular da artesã, com a limpeza da imagem, dos caracteres de sua policromia onde se encontravam as tais manchas.

Outro pedido da Diretoria foi a pintura do pedestal em que a imagem está afixada desde 2009, no qual ela é colocada na berlinda na procissões do Círio de Nazaré. O pedestal que serve para destacar a imagem dentro do carro havia sido pintado em dourado, o que foi refeito para melhor adequação dessa estrutura à policromia da peça.

Em minha visita à artesã, ela relatou que não encontrou na imagem nenhuma camada sobreposta de pintura além da original, da década de 60, mantida exatamente como na época de sua confecção. Abaixo, fotos de alguns momentos com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré no ateliê de Vânia Mâcedo.

História: a imagem de Nossa Senhora de Nazaré que pertence ao Círio de Bragança foi confeccionada na Itália, a pedido do então vigário da Basílica, dom Miguel Maria Giambelli (1920-2010). A peça foi encomendada ao artista italiano Giácomo Mussner, que a fez em dois modelos. A imagem escolhida para o Círio de Belém, colocada pela primeira vez na berlinda em 1969, foi a que não contém em seu entalho o manto em formato triangular. A segunda réplica, com o manto esculpido junto ao corpo da imagem, foi doada à Bragança. O abrigo da imagem é o gabinete pessoal de dom Eliseu Coroli, sob os cuidados das Irmãs Missionárias de Santa Teresinha no prédio do Instituto Santa Teresinha, de onde só é retirada à época do Círio de Nazaré em Bragança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário