segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Uma visita... uma surpresa... um grande amigo.

Recebi e compartilho a alegria da visita surpresa de meu grande amigo João Mário Mota Gonzaga e esposa (neto de dois ex-prefeitos de Bragança: João Alves da Mota e Mário Queiroz do Rosário)... em minha casa.
Temos a mesma idade e somos da época em que amigos a gente sabia como tratar, com respeito, com parceria, com alegria, compartilhando a vida e conhecendo suas lutas, fraquezas e apoiando quando necessário.
Isso é fundamental na amizade, o que não posso dizer que existe, em geral, nos tempos dessa tal modernidade... O bacana é saber que deixamos marcas boas no mundo... que irão ser perpetuadas com o nosso exemplo, com o nosso viver e com aquilo que pudermos compartilhar.
João Mário é de muito tempo, de muitas aventuras da infância, da adolescência, de lazer, do tempo de Externato Santo Antônio, do Instituto Santa Teresinha... e da vida, num passado feliz e cheio de memórias. Elas se ligam e se relacionam em vários acontecimentos bons e os "nem tão bons" assim.
Lembrei-me de que, além das muitas coisas que aprendemos da Vida e onde estivemos, foi ele que me ensinou a andar de bicicleta (aos 14 anos, em 1992). Fazia alguns anos que não o via...
A amizade parece ser uma coisa genética e isso não pode ser contestável... pois nossas mães, Socorro e Elizabeth, também são amigas de longa data... e estudaram juntas... que impressionante!
Muitas saudades do tempo que a gente era feliz e sabia disso. Passou um filme na minha cabeça. Abraços, meu amirgão (amigo+irmão) João Mário...
Agradeço a visita, prometo retribui-la em breve.

Um comentário:

  1. Oh! Meu grande amigo Dário. Sábias palavras.
    Que bom rever o João Mário, mesmo que seja por esta foto. Bons tempos aqueles. Saudades.
    Amei nossa conversa de hoje. Sempre é muito prazeroso reencontrá-lo. Bjs.

    ResponderExcluir